Confira diversas e excelentes variedades de clínicas de recuperação / reabilitação em São Paulo e ao redor do Brasil e em breve no mundo! Tratamento para dependentes químicos e alcoólatras você encontra aqui na Capital Remoções – As melhores clínicas de reabilitação você encontra aqui na Capital Remoções

Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

Clínica de Recuperação para Dependentes Químicos e alcoólatras em todo o Brasil, confira

Uma clínica, sobretudo é um local que pode ser público ou privado,

onde será de fato proporcionado aos acolhidos, o tratamento da dependência química e alcoólica para que assim

de fato se possa interromper o consumo de substâncias psicoativas, além de propor qualidade de vida, melhorar a saúde clínica destes usuários(as), prevenindo sobretudo os danos,

tais como a overdoses e problemas neurológicos, além de de fato tratar problemas comportamentais, emocionais, psicológicos e de relacionamentos pessoais, tão abalados pela dependência de forma geral.

Confira opções abaixo para clínicas de recuperação masculinas em São Paulo de alto padrão


O que é uma Clínica de Recuperação ou Reabilitação?

Uma Clínica de Recuperação ou Clínica Reabilitação deve oferecer sobretudo uma proposta de tratamento da qual é fundamentada no comportamento

humano, que tem de fato como objetivo de além de informar/educar os(as) acolhidos para que estes(as) possam de fato se conscientizar e compreenderem o quão severa é essa doença,

e sobretudo as consequências da sua dependência química, o que ela acarreta de fato,

esse processo é feito sobretudo para fins de conscientizá-los(as) e explorar os mecanismos de defesa mentais, para que possam,

contudo, reconhecer suas incapacidades e dificuldades, buscando, todavia, obter um melhor resultado, tanto no estado emocional quanto ao ponto de desenvolver estratégias para prevenir recaídas.

Confira diversas opções de clínicas para tratamento de dependentes químicos e alcoólatras em SP femininas de alto padrão:

Confira diversas opções de clínicas de recuperação em SP e ao redor do Brasil no link abaixo:

As 8 melhores clinicas de recuperação em SP

14 OPÇÕES DE CLÍNICAS DE REABILITAÇÃO DROGAS SP – CLÍNICAS DE RECUPERAÇÃO EM SP


Os tratamentos oferecidos dentro das unidades de recuperação são contemporâneos, e todavia podem envolver modelos médicos, psicológicos, psicossociais e espirituais.


As técnicas terapêuticas aplicadas, pelas quais são mais eficazes, se baseiam em uma proposta de que as dependências são

doenças, reconhecidas inclusive pela OMS.

Doenças biopsicossociais que de fato necessitam de um processo que leve os pacientes acolhidos a abstinência completa , e, com isso, amadurecimento pessoal,

sustentados na recuperação sólida e nas mudanças de comportamentos, pensamentos e sobretudo hábitos..


Podemos, contudo, utilizar a definição da clínica de recuperação ou clínica reabilitação como sendo de fato uma instituição que

promove o tratamento da dependência química / alcoolismo em toda a sua complexidade, além de, sobretudo, dispor de um local

do qual seja seguro para que se consiga a abstinência total do uso de substâncias psicoativas, o tratamento da desintoxicação (biológico), e sua realidade psicossocial e sobretudo espiritual.


Não obstante, o(a) dependente químico(a) ou a sua família, buscam sobretudo por um tratamento, em um momento de crise

onde o(a) dependente químico (a) apresenta evidentemente prejuízos nas áreas: física, mental, espiritual, social, familiar e profissional/ Acadêmica.

Neste momento, sobretudo, é de fundamental importância o acolhimento humano e estruturado de uma clínica de recuperação ou reabilitação,

que deve proporcionar aos seus acolhidos (as) dependentes uma diminuição de suas defesas, ou seja, de suas resistências e para que dessa forma, demonstrem maior disponibilidade e abertura a mudanças.

Confira diversas opções de clínicas de reabilitação / recuperação em SP para alcoólatras

21 opções de clinicas reabilitação alcoólatras SP – Clinicas de recuperação em São Paulo para alcoólatras


Fale Com Nossa Equipe e Conheça Nossos Serviços


O Que de fato Pode Levar uma Pessoa a Usar Drogas?

Diversos são os fatores que podem contribuir de fato para que o(a) indivíduo(a) venha a fazer o uso de substâncias químicas.

No entanto, cada pessoa possui um universo particular paralelo, de costumes e crenças, alguns(as) acreditam que o uso de drogas é, todavia, um tabu

enquanto outros(as) despertam o uso por mera curiosidade.

Alguns estudos comprovam que tais fatores se manifestam no emocional, social e biológico de cada pessoa.


Com relação ao meio social, a droga se faz presente, todavia, quase que em todos os locais, não há restrição, está seja em locais de periferias

ou colégios até mesmo e  faculdades, a curiosidade pode ser de fato um terrível aliado neste momento pois pode abrir a porta

para um primeiro contato com as substâncias psicoativas, ainda, podemos mencionar o agente influenciador, que pode ser

todavia representado na figura de um amigo ou um grupo de pessoas, que já fazem uso de alguma substância facilitando o acesso a droga.

Procurando por clínicas de reabilitação / recuperação para dependentes químicos e alcoólatras que atendem planos de saúde?

Confira as nossas promoções de acomodações individuais:

Confira as nossas promoções de acomodações individuais:

de masculina e feminina de alto padrão com opção de suíte individual e coletiva

Clinica parta dependentes químicos e alcoólatras em São Paulo – São Bernardo do Campo SP – Masculina

Clinica de recuperação em São Paulo que aceita convênio médico (clinica feminina para dependentes de álcool e drogas) Tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em SP

Clinica de recuperação feminina que aceita plano de saúde em SP
Clinica de tratamento para dependentes químicos e alcoólatras

Confira clicando aqui mais 12 opções de clínicas de recuperação SP que atendem plano de saúde:

O pertencimento a algum grupo também é um fator quer pode influenciar o início do consumo de drogas e álcool.


No entanto, o fator emocional é evidente quando o indivíduo(a) pretende ter uma alteração do seu estado de consciência real,

isso significa que ele(a) apresenta uma certa inabilidade para lidar com questões complexas, ou simples como responsabilidades e

emoções criando expectativas, acaba por se frustrar e consequentemente usando para minimizar a dor que isso gera.


Quando apresenta sobretudo insegurança e acredita de fato que ao fazer uso de determinada droga, o acolhido obtém a coragem necessária para

de fato realizar alguma atividade, quando não há algumas perspectivas de crescimento pessoal e profissional na vida o uso de drogas

acaba sendo uma espécie de zona de conforto, ou quando sobretudo se perde o raciocínio do certo e errado, a droga passa a ser uma aliada como fator de transgressão também. 


De uma forma geral, todavia, o uso de drogas e álcool traz uma falsa sensação de fuga dos problemas, ainda que momentânea.

Contudo, temos ainda, o fator da hereditariedade onde sobretudo a influência genética torna-se um marcador no organismo

do indivíduo(a), podendo, sobretudo, em tempo de vida indeterminado despertar o uso de substâncias químicas.


Quais São os Sintomas da Dependência?

Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras
Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

Os sintomas da dependência química que podem sobretudo aparecer em sete formas, tendo cada uma sua peculiaridade.

Como por exemplo uma maneira de agir diferente, visando uma desadaptação do uso de substância,

provocando todavia dor, um sofrimento considerado muito significante do ponto de vista clínico, manifestado por três (ou mais),

no período de 12 meses, apresentando-se de fato através da saúde física e de comportamentos da pessoa.


São alguns desses sintomas:

Consumo em grandes quantidades de substâncias com os períodos de uso maiores do que o que de fato era a intenção do dependente,

o organismo passa portanto a apresentar uma certa tolerância e naturalmente aumentam as quantidades e os tipos de substância, com o passar do tempo.

Uma síndrome de abstinência seguida de um uso para aliviar os sintomas é comum…

Não apresenta nem muito desejo tampouco esforço em parar o consumo, ou diminuir ou controlar; um tempo maior gasto

em obtenção das substâncias químicas de sua preferência, durante o consumo ou mesmo para se recuperar dos efeitos;

acaba, de fato por reduzir ou abandonar atividades das quais eram comuns, sociais ou ocupacionais devido ao uso; utiliza ainda como desculpa para manter o uso algum problema físicos ou psicológicos.


Vale lembrar que a medida que a dependência química ou alcoolismo vai se instalando e progredindo o comportamento da pessoa fica instável e transita, oscilando dentre esses aspectos da doença.


Como é o Tratamento de um Dependente Químico?

Desenvolvendo, todavia, cada vez mais o método de tratamento, busca-se colocar em plano de igualdade de discussão a equipe técnica e profissional

Tem em sua equipe comumente profissionais como médicos(as) e psicólogos(as)  com os(as) ex-dependentes consultores(as)

em dependência química que conhecem de fato a fundo o problema da dependência química, fazendo assim a união do técnico com o empírico,

muito utilizado em todas as unidades de tratamento para dependentes químicos e alcoólatras.

Para de fato melhor entender e ajudar os(as) acolhidos que estiverem em tratamento visando uma recuperação física, emocional, social e espiritual, de solidez.


O tratamento com o apoio do médico é importante no início para avaliar sobretudo as consequências clínicas da dependência e acompanhar as manifestações de abstinência. 

Acompanhamento periódico e desenhando a anamnese de cada caso.


O tratamento psicológico, no entanto, e de aconselhamento em dependência química visará sobretudo modificar ou

todavia, influenciar atitudes e comportamentos de acolhidos (as), para sobretudo aumentar a motivação de abstinência e diminuir mecanismos de defesa (negação, racionalização e projeção da culpa).


Desta maneira, no entanto, é possível que cada acolhida vá em busca de seu papel, vivendo e discutindo todavia sobre os seus problemas

em um ambiente que seja seguro e todavia democrático.

Uma utilização deste modelo pode todavia despertar a responsabilidade individual e em grupo, facilitando, no entanto, a participação de todos nas atividades propostas no projeto terapêutico.


Uma Clínica de Recuperação ou Clinica Reabilitação, apresenta diferentemente a outras abordagens, explorar mentalmente empírico de um(a) adicto(a)

ajudando o(a) outro(a), onde cada caso é um caso e com isso o tratamento deve ser o mais individualizado possível, personalizado e pensado nas demandas individuais de cada um,

embora não se fuja muito do cronograma de atividades previamente estabelecido.


Como sendo um conceito de tratamento ou ainda uma intervenção terapêutica, se entende ser uma série de eventos, ocasiões, que iniciam

de fato quando o(a) usuário(a) de substâncias psicoativas estabelece todavia um contato com uma clínica de recuperação ou reabilitação, estabelecimento de saúde ou serviço comunitário.


O tratamento de dependentes químicos inclui todavia o diagnóstico, além de tratamento da crise de abstinência, a assistência à saúde,

apoiando no processo de conscientização da doença e a reintegração social das pessoas afetadas por ela, com finalidade de chegar

ao estado de abstinência completa para que sobretudo desta forma tratar a dependência química, melhorar a saúde e a qualidade

de vida, aproveitar de fato ao máximo as capacidades do(a) indivíduo(a) e prover acesso a serviços, oportunidades e plena reabilitação social.


O programa terapêutico todavia a ser desenvolvido no período de tratamento dentro de uma clínica de recuperação ou reabilitação

tem como finalidade ajudar o(a) dependente químico(a) a se tornar uma pessoa de fato livre através da mudança de seu estilo de vida.

Uma proposta de clínica de reabilitação deve todavia considerar que o(a) dependente químico(a) pode sobretudo desenvolver-se nas

diversas dimensões enquanto ser humano integral através de uma comunicação da qual seja livre entre a equipe e os(as) acolhidos e uma organização solidária.

Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras


A clínica de recuperação ou clínica reabilitação é um apoio eficaz para quem tem necessidade de liberar as próprias energias das quais são vitais

para poder de fato ser um(a) homem/mulher em seu sentido pleno(a), ou seja, adulto(a) e autônomo(a), e sobretudo sendo capaz de realizar seus

projetos de vida, sendo produtivo, construtivo, e sobretudo aprendendo a estar bem consigo mesmo(a) e com os(as) outros(as) sem a “ajuda” de substâncias psicoativas.


O objetivo, portanto, de uma clínica de recuperação ou clínica reabilitação é o crescimento das pessoas através de um processo desenhado de forma individual e social.

Nesse interim, o papel da equipe é ajudar o(a) indivíduo(a) a desenvolver seu potencial de forma geral.


Para que a equipe seja todavia eficaz é muito importante acreditar no trabalho, independentemente de qualquer comportamento que o(a) residente tenha tido,

que ele(a) pode mudar.

Senão houver essa credibilidade por parte da família, porque alguns(mas) residentes estão mais comprometidos(as) e/ou com maiores dificuldades para mudar, existe o risco de “abandono” desses(as) residentes.

O tratamento para ser eficaz requer de fato que a família e o acolhido estejam alinhados e com esperança na mudança.

Se a equipe sobretudo tiver esse crédito, e se a família também acreditar que todos(as) podem mudar dedicará a atenção que cada um(a) precisa para que a mudança ocorra.


O ambiente é outro fator, dentro da clínica de recuperação ou reabilitação deve haver a possibilidade de aprendizagem social

oferecendo sobretudo a oportunidade de interagir, escutar, aprender, projetar, e todavia, envolver-se e crescer de forma que,

normalmente reflita sobretudo a capacidade e o potencial individual e coletivo das pessoas que dela fazem parte.


O tratamento de uma clínica de recuperação ou reabilitação deve incluir:

  • Desintoxicação;
  • Terapia Cognitiva Comportamental;
  • Psicoterapia individual e em Grupo;
  • Programa de Prevenção a recaída;
  • Doze passos do N.A e A.A;
  • Entrevista Motivacional;
  • Espiritualidade;
  • Laborterapia;
  • Atividades Físicas;
  • Reuniões / T.E.R. (Terapia Racional e Emotiva);
  • Conscientização da doença;
  • Inventário pessoal
  • Visita Familiar.


Quanto Tempo Leva para Desintoxicar o Organismo de Drogas? Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

O tratamento de dependência química é um processo que pode ser longo e de várias frentes, e que leva tempo.

Esse tempo ainda é discutível, deve ser todavia avaliado caso a caso.

A maioria dos estudiosos(as) modernos(as), porém, concluiu que o tratamento de dependentes químicos deve consistir na combinação de métodos que ajudem a alcançar o maior potencial de abstinência durante a vida inteira.


Portanto, quando um(a) dependente químico entra em um processo de internação, na reabilitação pela dependência de substâncias, a primeira coisa é ajudá-lo(a) no processo de desintoxicação.

Algumas clínicas de reabilitação acabam seu trabalho aqui, também é o caso do tratamento ambulatorial, ao passo que outras o incluem

como parte de um programa mais longo que abrange outros aspectos, dos quais serão detalhados a seguir.


A internação em um centro de recuperação, ou seja clinica de reabilitação do qual é localizado em um lugar grande, arborizado

com ampla área verde e que seja de fato propício a se ter um ambiente favorável a recuperação dura em média seis meses.

O modelo de internação é e deve ser terapêutico e tende a mesclar alguns ensinamentos de forma que fortalece a aliança terapêutica buscando o reforço da união do trabalho profissional de

Técnicos como por exemplo (Corpo médico – clínico e psiquiatra, Psicólogos, Nutricionista, Enfermagem e Educador físico)

com o empírico vivencial – caracterizado por pessoas que estão livres das drogas e que têm experiência a ser repassada, ensinando o

caminho da recuperação (Gerente de Tratamento, coordenadores, consultores em dependência química – Conselheiros e Monitores).


Médicos assim como outros profissionais da área da saúde, podem de fato atender individualmente e em grupo os(as) pacientes

com dependências leves a moderadas e sem complicações associadas importantes, as chamadas comorbidades;

De um modo geral, estes(as) pacientes devem sobretudo também frequentar reuniões de recuperação que seguem

os 12 passos, ou outra terapia que o agrade, associado a um programa espiritual, o grupo de ajuda, faz parte do tratamento, sendo necessário para o(a) dependente e também para a família.


Os programas dos 12 passos de NA e AA são considerados por vários(as) pesquisadores(as) como sendo a forma mais eficaz de tratamento.

Embora nem todas as pessoas se identifiquem, os 12 passos de recuperação, foram criados originalmente pelos fundadores do AA, Bill W. e Dr. Bob,

provaram de fato aumentar as taxas de sobriedade após dois anos quando comparados com outras terapias.

Mas caso o dependente químico não se identifique com essa metodologia, é possível substituir.


Os Narcóticos Anônimos, um dos vários programas que utiliza como base os 12 passos que se originaram no A.A., adaptou este programa para dar apoio aos(as) dependentes de outras drogas.


A terapia comportamental cognitiva, por sua vez, é todavia uma espécie de psicoterapia da qual é utilizada para uma variedade

de distúrbios mentais.

Os(as) praticantes dessa metodologia acreditam sobretudo, que se concentrar nas razões do comportamento dependente pode de fato contribuir a erradicá-lo de suas vidas.

A maioria das clínicas de reabilitação inclui esta terapia como parte de seu programa geral de tratamento, e costuma ser oferecida além do convencional em grupo, individualmente e em família.


Os remédios que podem fazer parte do programa de recuperação, são outra frente nos tratamentos modernos contra a dependência.

Os medicamentos que podem ser utilizados para ajudar a aliviar os sintomas físicos e sobretudo psicológicos da abstinência, além

de poder minimizar impactos de pacientes que já passaram por comprometimentos devido a sua adicção ativa.

A abstinência é considerada extremamente dolorosa e real, o que leva à administração de medicação durante quatro a seis semanas

após a interrupção do uso, deve se ter um cuidado para não fazer a substituição da droga ilícita pelo farmaco, embora o médico também pode usar como um tratamento a longo prazo,

isso é muito comum sobretudo no caso das comorbidades (doenças psiquiatrias que coexistem com a dependência química).


Os antidepressivos, por exemplo, também costumam ser usados na reabilitação, já que uma das principais comorbidades provenientes do uso excessivo de drogas e álcool é a depressão

podendo existir em conjunto com a dependência química de substâncias ou distúrbio compulsivo e pode ser usada como parte do tratamento em ambos os casos.


O programa de tratamento d qual é desenvolvido não é puramente medicamentoso, sobretudo os médicos e psicólogos, seguem técnicas das comunidades terapêuticas e clinicas de recuperação

baseados no aconselhamento em dependência química.

O programa de recuperação, no entanto, tem objetivos claramente determinados, com prazos dos quais são estabelecidos,

sem que se perca a flexibilidade integral.

O período para se conseguir de fato a conscientização do problema da dependência é de 90 a 180 dias. 


É um programa bem didático-terapêutico composto por vários subprogramas trabalhados de forma coordenada, sendo eles: 

  • Atendimento Médico Psiquiátrico – Onde são feitas avaliações psiquiátricas do(a) dependente químico , através de consultas com o(a) profissional que presta esse serviço como psiquiatra ao centro.
  • São avaliadas sobretudo as comorbidades e a crise de abstinência e assim são prescritas as medicações necessárias.
  • Médico Clínico – Esse profissional avalia e trata de problemas clínicos dos quais estão relacionados ao uso e abuso da substância química e do histórico clínico do(a) paciente,
  • solicita, por sua vez, e avalia os exames bioquímicos e laboratoriais, além de atestar a possibilidade de permanência em casos de internação de média durabilidade.   
  • Atendimento com psicólogos– Oferece terapias psicológicas das quais são importantes, pois atuam nos valores pessoais, e também na filosofia de vida de cada um(a), dessa forma, favorecendo a elaboração e a modificação da postura do(a) dependente químico perante a droga.

Tudo isso de fato fortalece o entendimento sobre a dependência química, de forma a proporcionar ao(a) dependente químico uma série de recursos para enfrentar e solucionar a questão.

O apoio terapêutico favorece a busca do equilíbrio, da harmonia, além da coerência e do crescimento e também de uma nova forma de pensar e encarar a realidade.

Esse processo de recuperação é de fato extremamente necessário, pois permitirá ao(a) dependente químico (a) se responsabilizar pelo seu próprio crescimento pessoal.


Atuando na área Social – Visando sobretudo conhecer dados do(a) próprio(a) dependente químicos e todavia a sua relação com as drogas,

em paralelo a sua infância, família e auxiliá-lo(a) em sua elevação de consciência etc.

No que diz respeito à questões familiares, busca-se o tratamento de sua co-dependência, efetuando-se a partir de reuniões de mútua ajuda com dependentes e seus familiares.


Ajuda mútua – A recuperação de dependente químico e alcoólatra através de uma clinica de recuperação pode de fato utilizar-se dos 12 passos e as 12 tradições, seja do A.A., seja do N.A.,

passando a ter de fato um número significativo de recuperação em escala.

Estas técnicas, sobretudo, são usados pare se ter uma maior conscientização do que diz respeito ao tratamento diário, levando o(a) dependente a se trabalhar para viver sóbrio(a) – metodologia do (só por hoje).


Educação física – O tratamento é todavia desenvolvido de forma prática, através de atividades individuais e coletivas, buscando

sobretudo, o desenvolvimento e manutenção das capacidades funcionais do(a) dependente químico, bem como o desenvolvimento

das estruturas e funções, tais como o esquema corporal, além de consciência e domínio do corpo, coordenação, percepção e

organização no tempo e no espaço.

O condicionamento físico serve ainda para a eliminação das toxinas , apoiando a desintoxicação, e a busca de um melhor relacionamento social e sobretudo de

lazer através de atividades leves como por exemplo caminhadas, acompanhamento antropométrico dos(as) dependentes químicos e a valorização do espaço e da natureza que cercam a clínica e a prática de exercícios físicos.


Tipos de Internação

Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras
Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos

Quando de fato abordamos o assunto Internação para dependentes químicos percebemos três modalidade reservada aos casos mais graves, que demandam cuidados intensivos.

A internação é feita quando o profissional, que orienta o atendimento,

percebe que a pessoa tem prejuízos na sua vida social, além de familiar e de saúde.

No caso da internação involuntária, sobretudo, quando o dependente químico corre risco de vida ou coloca terceiros neste risco.

A internação voluntária, no entanto, ocorre quando a própria pessoa prefere ser internada para se submeter ao tratamento e por último a internação compulsória, acontece quando determinada por um juiz competente.


Internação Voluntária

Acontece quando o(a) dependente químico por si só aceita o tratamento.

Deve-se sempre, portanto, procurar uma clínica de recuperação da qual seja especializada, para que esta seja capaz de dar suporte o(a) paciente nas crises de abstinência, evitando assim a desistência do tratamento por parte do usuário.


Com aceitação do(a) dependente químico ao tratamento, esse é o método mais indicado para um tratamento completo.

Há inclusive alguns documentos formais para que seja reconhecida esta voluntariedade, como uma ficha de voluntário, termo de voluntariedade que é assinada pelo(a) residente no ingresso de seu tratamento. 


Deve-se sempre, portanto, procurar por uma clínica de recuperação especializada, acolhedora e que de fato esteja preparada e comprometida para ajudar o(a) paciente nas crises

de abstinência, assim como na ambivalência inicial e no decorrer de seu tratamento, evitando, de fato, assim a desistência do tratamento por parte do(a) acolhido(a).


Internação Involuntária

É indicada essa internação para aquelas pessoas que estão correndo risco de vida, mas não aceitam a internação.

Geralmente essas pessoas não conseguem ao menos identificar essa dependência.

Está é necessária quando o(a) dependente perdeu devido ao uso excessivo de drogas e álcool a liberdade de escolha.

Este(a) pode também estar, portanto, colocando em risco a própria vida ou de terceiros.

O(a) dependente químico(a) sobretudo não consegue mais dar importância às coisas importantes da vida como por exemplo: família, estudo, emprego, regras, normas, leis.

Na verdade esta intervenção é um ato de preservação a vida.


Este tratamento é legal garantido (lei 13.840/19) e necessário quando o(a) dependente químico coloca em risco a própria vida e/ou a vida de terceiros pelo uso abusivo de álcool e outras drogas.


O(a) dependente químico, todavia, não consegue mais escolher não tem o entendimento entre o consumo e a abstinência, ele(a) perdeu a capacidade de julgar sobretudo os valores e riscos de suas atitudes.


A dependência química já se tornou a coisa mais importante de sua vida, isolando qualquer outra racionalidade.

Nesses casos é sobretudo necessário buscar por um auxílio profissional para de fato reverter à situação, antes que seja tarde.


Internação Compulsória

A internação compulsória é todavia determinada por uma medida judicial onde um Juiz pelo qual é competente vai atestar ou não a necessidade de um tratamento através de internação.


Há sobretudo um grande número de situações envolvendo o consumo de álcool e drogas identificadas como contravenções penais e crimes, pequenos delitos sobretudo.

Entre essas situações estão comumente o ato de beber e dirigir, além dos crimes de natureza aquisitiva, isto é, aqueles que visam a angariar fundos para o porte ou consumo de drogas ilícitas e muitas outras.  

(furtos, assaltos e roubos).


Em situações como essas, sobretudo, o juiz pode entender que o(a) condenado(a) é portador(a) da dependência química e a prática desses delitos ou é para sustentar +

o seu vício ou para conseguir mais uma dose e assim em vez de encaminha-lo(a) ao sistema prisional, (penitenciária) pode optar

por um tratamento em clinica de recuperação sendo mais adequando visando a reinserção posterior na sociedade.


Tipos de Reabilitação – Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

Os usuários de drogas e álcool sobretudo colocam-se constantemente em confronto com a morte:

acumulam-se sequências de episódios de extremo risco de vida, associados ou não ao uso de drogas.


No caso dos usuários do álcool, portanto, há um tempo maior para que a relação com a substância fique mais problemática.

Para dizer mais evidentemente, isto só acontece a partir de rupturas concretas do indivíduo com o seu meio, como por exemplo: perder o emprego, crises e às vezes término do casamento ou problemas físicos.


Quando de fato pensamos na droga e no álcool as histórias dos usuários podem variar individualmente, mas, no fundo, todos têm a mesma coisa em comum.

É a dependência química inclusive o que os une no tratamento.


Reabilitação para Alcoólatras – Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

O vício em álcool ou alcoolismo, é uma doença crônica, uma dependência química que contém uma variedade de causas, que incluem fatores genéticos,

ambientais e psicológicas.

O alcoolismo sobretudo possui um grande impacto na vida do dependente, podendo, portanto, até levar a morte.

A pessoa dependente em álcool todavia procura de fato aliviar seus sofrimentos de caráter emocionais ou mascarar dores físicas provocadas pela doença.

DROGA DEPRESSORA!


Existe sobretudo uma enorme diferença entre estar bêbado e ser alcoólatra, por exemplo, um indivíduo que ingere álcool socialmente,

pode todavia ficar bêbado sem que isso prejudique ou apresente risco a sua vida ou saúde.

Já no caso do alcoólatra, ele consome grandes quantidades que vai muito além que o organismo pode suportar, em um curto período de tempo, além de não conseguir ficar sem o consumo da substância.


O consumo abusivo e frequente do álcool ao longo de muitos meses e anos podem sobretudo fazer surgir os efeitos crônicos que essa doença apresenta,

em vários sistemas do organismo como, por exemplo: no sistema cardiovascular, gastrointestinal, nervoso, e também reprodutor, além de outros prejuízos que o consumo pode acarretar.


Apesar do alcoolismo não ter uma cura permanente, assim como a dependência química ele pode e deve ser tratado, em clínicas de reabilitação.

De fato pois esses locais ele poderá encontrar uma estrutura especializada, assim como também seus familiares recebem suporte nesse momento de sua vida tão delicado.


Reabilitação para Dependentes Químicos

Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras
Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

O programa terapêutico, a ser desenvolvido no período de tratamento / internação tem como objetivo inicial ajudar o(a) dependente químico(a) a ficar abstêmio de drogas e começar a recuperar seu senso crítico.

A primeira fase, sobretudo é a desintoxicação.


A proposta de uma Clínica de Recuperação deve de fato considerar que o(a) dependente químico(a) pode desenvolver-se nas

diversas dimensões como um ser humano integral, capaz. através de uma comunicação livre

entre a equipe e os(as) residentes, em uma organização da qual tem fundamentos solidários e igualitários.

Para fato contribuir com o(a) dependente químico(a)o centro de recuperação deve criar um

ambiente agradável onde ele(a) possa ter a compreensão necessária de que a droga é apenas um sintoma

de algo mais profundo, costumamos dizer ponta do iceberg, que precisa ser trabalhado de fato e que, com certeza, está ligado a mudança de seu estilo de vida e de seus comportamentos.


Todo o processo de recuperação está diretamente correlacionado ao trabalho a ser desenvolvido nas cincos áreas, que são:

família, relacionamentos, trabalho / estudo, lei ou regras sociais e espiritualidade, pois de forma alguma podemos trabalhar somente as questões: família,

espiritual e trabalho / vida acadêmica, e, no entanto desconsiderar as áreas da lei e dos relacionamentos e assim sucessivamente.

Todas as áreas devem ser devidamente tratadas.


Quanto ao Gênero, em um ambiente propício para o tratamento da dependência química e do alcoolismo, se tem a separação por gêneros no espaço físico da clínica de recuperação ou reabilitação. 


Numa tentativa de evitar que problemas relacionados ao sentimental, comportamental e sexual interfira no propósito do tratamento dos acolhidos.

Porém há ainda a opção de clinicas mistas que acolhem homens e mulheres em acomodações totalmente separadas.

Muitas pessoas preferem esse modelo de clinicas, visto que o tratamento pode ser mais confortável quando homens e mulheres interagem.


Clínica de Recuperação Masculina

Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

Como o próprio nome já diz, as unidades de tratamento são espaços disponibilizados para tratamentos específicos para dependentes do sexo masculino.

Na clínica de reabilitação masculina, no entanto, o paciente terá apenas contato com pessoas do mesmo sexo que ele e que passam pelas mesmas inabilidades e sobretudo vivências no que diz respeito à utilização

de drogas e álcool, e que, todavia, lutam contra o vício.

Em muitos casos, sobretudo, eles convivem em muitos ambientes, realizando também algumas atividades de tratamento, gerando desta forma, uma conexão e além disso, uma rede de apoio com os que passam por condições parecidas.


Existem ainda variadas formas de tratamentos e sobretudo técnicas utilizadas que são usadas de acordo com o vício / dependência que é enfrentado por cada um.

De modo geral, cada dependente químico possui sobretudo o seu nível de gravidade e suas particularidades.

Esses fatores, no entanto, variam de acordo com diversos aspectos que estão relacionados como por exemplo o tipo de droga, o tempo da utilização, além da idade e histórico do paciente, assim como outros fatores.

Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras


Contudo, todavia, não existem sobretudo possibilidades mais eficazes e de fato confiáveis para ajudar uma pessoa que sofre de dependência

do que um tratamento adequado através de uma equipe especializada, em um ambiente que seja ideal para esse tipo de tratamento.

Como a dependência química e o alcoolismo são de fato doenças, elas precisam ser tratada em um ambiente que conta com uma equipe multiprofissional, plural e experiente.


Dentro de uma clínica de recuperação masculina sempre é possível encontrar com profissionais especializados e qualificados para realizarem um bom diagnóstico e dessa forma

identificar qual a forma de tratamento adequado para cada um.


Portanto, em uma clínica de recuperação masculina é onde se tona uma possível alternativa segura e eficaz para tratar e salvar a vida de uma pessoa com dependência química e alcoolismo.

A total recuperação da pessoa na verdade é uma real possibilidade em todos os casos, e todos os aspectos, isso se dá graças às

modernas formas de tratamento e equipe especializada dos espaços de recuperação.

Deve-se, sobretudo, sempre lembrar que uma clínica de reabilitação para dependentes químicos é um espaço para fazer o tratamento

mas não só, é também local onde se treina para reinserir essas pessoas a sociedade, e jamais pode ser vista como um lugar para manter o dependente isolado.


Clínica de Recuperação Feminina – Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

A clínica de recuperação feminina, sobretudo, conta com atendimento do qual é exclusivo para mulheres.

Considerando, todavia, que as necessidades delas são bem diferentes da dos homens, como também o seu organismo reage de

modo totalmente diferente, com relação às drogas.

Nas mulheres, um fato interessante, é que existe uma incidência maior de depressão da qual é relacionada ao consumo de drogas,

especialmente no que diz respeito ao consumo do álcool, onde existem evidências de que essas substâncias reduzem sintomas de ansiedade, tristeza e solidão. 


Mulheres que são usuárias de substâncias químicas têm muito em comum, assim como os homens, com as experiências vividas pelos homens,

mas existem alguns aspectos de suas vivências que são únicos.

Mulheres são mães e donas de casa, donas de uma fibra surreal e sempre com uma carga de responsabilidades superior aos homens, logo

o sofrimento agregado no uso de substâncias é evidentemente maior.

Frequentemente as dependentes químicas do sexo feminino, tem em seu histórico de vida o abuso sexual ou físico.

As mulheres viciadas em drogas também lutam contra a imagem corporal, estigmas de beleza, padrão

distúrbios alimentares, além de vício em sexo (assim como homens) , entre outros assuntos que são particulares a cada mulher.


As clínicas de recuperação femininas são todavia fundamentadas para as pacientes.

A maior parte dessas autodescobertas acontecem todavia nos grupos terapêuticos de apoio que compreendem a maior parte das programações

diárias das clinicas de recuperação, onde elas aprendem a respeito de si mesmas se deparando com outras mulheres que já passaram pelas mesmas experiências.


As atividades diárias desenvolvidas dentro de uma clínica de recuperação feminina incluem geralmente, grupos terapêuticos,

além de aconselhamento, individual e em grupo, trabalho de 12 passos, desenvolvimento de habilidades e atividades que envolvam a integração ao meio social.

A atividade de aconselhamento em grupo funciona como sendo um ambiente para que as mulheres possam interagir e deliberar sobre as emoções, que aparecem no processo da recuperação.


Fale agora mesmo com a Nossa Equipe e Conheça Todos os Nossos Serviços


Qual o preço de uma clínica Recuperação? Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

Estamos vivendo em um mundo capitalista onde as pessoas de fato estão condicionadas a pagar pelos serviços que lhe convém, muitas vezes, no entanto, medindo a qualidade somente pelo preço, neste caso nos perguntamos:

Qual o preço de uma Clínica de recuperação ou Clínica reabilitação? 


Acreditamos, todavia, que a pergunta ideal seria:

Qual o valor de uma clínica de recuperação ou clínica de reabilitação?

pois na verdade esse é de fato um investimento para salvar uma vida pela qual foi destruída pelo uso de drogas, é poder ter o(a)

seu ente querido(a) devidamente recuperado(a) e sobretudo reinserido(a) na sociedade, cumprindo com seus compromissos e responsabilidades.


Nossas clínicas parceiras, todavia, possuem um elevado padrão de qualidade no tratamento de pessoas com dependência química e saúde mental.


Nós todavia dispomos de instalações com uma estrutura de hotelaria completa, área de lazer com piscina, academia ao ar livre,

campo para atividades esportivas, além de médicos 24 horas,

temos opções de unidades Hospitalares e uma estrutura de saúde pela qual é formada, por médicos clínico e psiquiatras, psicólogos,

terapeuta ocupacional, holístico, equipe de enfermagem, nutricionistas, entre outros, além de frota padronizada e ambulância 24h no local para qualquer intercorrência.


Clínica de Internação Gratuita ou com Plano de Saúde – Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

Clínica de Recuperação em SP para Dependentes Químicos e alcoólatras

Nossas clínicas de recuperação parceiras, estão a mais de dez anos no mercado, a grande maioria começou a ter convênios com alguns planos de saúde, a internação que era feita apenas na modalidade

particular, agora também é possível com o plano de saúde, passava a ter a cobertura parcial ou até integral do tratamento, consulte-nos sobre!


Procure agora mesmo o nosso setor de acolhimento para saber maiores informações.


Programa de Cota socialAcreditando no processo espiritual e como forma de demonstrar um pouco da gratidão com o senso de missão na ajuda aos(as) dependentes químicos(as) o nosso diretor Fabrício Selbmann criou o programa de Cot

a Social para atender aos(as) que precisam de tratamento porém não dispõe de recursos financeiros e nem convênio com plano de saúde para custeá-lo, vale lembrar que não existe participação do governo neste programa.


O Programa de Cota Social é um projeto sobretudo que custeia 100% do valor relacionado a internação de dependentes químicos e alcoólatras,

ele representa, no entanto, 10% da ocupação total de todas as nossas clínicas de recuperação e funciona por meio de uma entrevista onde de fato serão analisados os perfis dos candidatos(a),

este, atendendo de fato ao perfil entra para nosso sistema em uma lista de espera para quando surgir uma vaga ser chamado(a).


Concluindo, contudo, que não existe um só modelo de clínica de recuperação ou clínica de reabilitação assim como também não só exista um modelo de tratamento para dependência química.


Para que haja um tratamento e que ele de fato seja eficaz, este deve sobretudo atender às diversas necessidades e não apenas

se atentar ao uso de drogas, devendo ter um plano completo de serviços e ser continuamente avaliados, com possibilidade de modificação

se necessário e quando necessário para garantir que o plano de recuperação possa atender às necessidades da pessoa.


Que a permanência na clinica durante o tratamento por um período adequado de tempo é sobretudo essencial para sua eficácia

juntamente com aconselhamento que deve acontecer de maneira individual e em grupo associado a outras terapias comportamentais que são componentes essenciais para que haja uma recuperação adequadamente eficaz. 


Que, no entanto, por vezes será necessário o uso de medicações como sendo um elemento importante para vários residentes, devidamente acompanhadas pelo psiquiatra e o médico clínico.


E que o tratamento sobretudo, precisa estar prontamente disponível para o momento de busca do(a) dependente químico / alcoólatra ou da família.