Confira as taxas de sucesso com o tratamento com Ibogaína.

Taxas de sucesso da ibogaína Data: 21/01/2019


Taxas de sucesso da ibogaína

Taxas de sucesso do tratamento ibogaína

Segundo uma discussão sobre o sucesso do tratamento com a ibogaína em SP, deve primeiro definir os critérios para o sucesso. Nossa definição é a liberdade vitalícia do uso abusivo de substâncias psicoativas como as drogas. Enquanto uma combinação que é única de medicina vegetal e tratamentos holísticos, dá aos nossos pacientes a melhor chance possível de libertação do vício das drogas com este incrível tratamento com Ibogaína em SP, o seu finalmente até aqueles que os visitantes se curam. Para ficar livre do vício das drogas, você tem que querer isso do fundo de sua alma mesmo e estar bem preparado para fazer o trabalho antes, durante e depois do tratamento com a Ibogaína em SP.Foi realizado um estudo no Brasil que mostra uma taxa de 61% de abstinência total a longo prazo de álcool (bebidas em geral), cannabis (maconha), cocaína (pó) e / ou crack (pedra) em um total de mais ou menos 75 pessoas que completaram uma combinação de terapia com a ibogaína e psicoterapia juntamente. No entanto, a abordagem do estudo realizado com o programa de pós-tratamento prometem uma maior taxa de sucesso. À medida que foram coletados dados sobre os pacientes que realizaram o tratamento com a Ibogaína, Também foi trabalhado com acadêmicos externos e pesquisadores que validarão os dados destes estudos realizaram.Então agora você já sabe que os dados dos estudos foram totalmente positivos e que o tratamento com a Ibogaína é realmente eficaz na luta contra as drogas.

Onde encontrar o tratamento com Ibogaína?

Entre em contato com a Capital Remoções e encontre a unidade mais próxima para realizar seu tratamento da melhor forma possível.

Tratamento com ibogaína para dependente químico em SP


No Brasil e em São Paulo também existe enumeras formas de se tratar a dependência química e o alcoolismo, porém até o momento nenhuma delas se tornou tão eficiente quanto o tratamento por ibogaína.
Alguns tratam a dependência química e o alcoolismo com medicações, outro s com métodos de internação voluntaria ou involuntária em São Paulo e Região, alguns utilizam de artes como a pintura, psicoterapia individual e em grupo, salas de reuniões em grupo como A.A. e N.A. e assim se tem esforçar em se estruturar uma vacina para imunização de dependentes químicos e alcoólatras.

O que não podemos esquecer jamais, que conforme levantada a bandeira FDA nos estados unidos (U.S.) e no brasil também na universidade de viçosa, a pratica feita por vacinas tem sua prática suspeita, ela pode ser nociva aos seres humanos.

Além do mais do que quando se utiliza vacinas para tratamento de vírus e se esquecem de que o vírus, é um micro organismo mutante, e por ser mutável como isolar em medicamentos todas variações possíveis, existentes e pós existentes do mesmo vírus, a ponto de tornar-se uma vacina realmente segura e confiável.

Podemos também falar um pouco sobre como imunizar aqueles que já “infetados pela dependência química”? Se na dependência química também é uma patologia herdade, como se imuniza uma doença hereditária? Enfim apesar dos sonhos e expectativas da ciência e da sociedade humana, acreditamos que por muito tempo a ibogaina continuará sendo a melhor forma de dependência química.

Outra forma de tratamento para dependência química e para o alcoolismo no pais Vietnã é o Heantos, que tem sido um trabalho promissor nesta forma de tratamento conta dependências, talvez seja o melhor tratamento que chega perto em nível de resultado do tratamento com a raiz da ibogaina. O Heantos é um fitoterápico alicerçado na farmacologia chinesa ou seja na união da tradição, conhecimento milenares e ciência avançada.

Além das inúmeras formas de tratamentos para dependência química e para o alcoolismo existente muitos que falam tão somente dos vícios de drogas proibidas e pouco se fala de drogas legalizadas, tais como alguns remédios químicos utilizados, solventes também, álcool, jogos, chocolate em excesso entre outras compulsões, por se tratar de vicio, como tão somente jugarmos que alguns é mais nocivo do que outros, que uns merecem tratamentos e outros não? Devemos sempre nos lembrar de que se existe um vício, existe algo a ser trabalhado e não devemos apenas tomarmos atitudes quando alguém diz que nosso vicio é ilegal, afinal ter um vício tornar-se legal ele passou por inúmeros outros considerados menos ilegais e menos perceptivo pela sociedade brasileira.

Nós da Capital Remoções estamos sempre dispostos a ajudar os dependentes químicos e alcoolistas, não só aqueles que sofrem de vícios de drogas ilícitas, nós tratamos também aqueles vícios tolerados pela sociedade.