tratamento para dependente químico pelo convênio médico

Conheça algumas de nossas unidades que atendem plano de saúde clicando aqui

Sobre a doença e o tratamento para dependentes químicos através do convênio médico – Clinica de recuperação que atende plano de saúde

A DEPENDÊNCIA QUÍMICA E SUAS MANIFESTAÇÕES

Para compreendermos como se dá a dependência química e suas
consequências ,bem como elucidar às familias em como tratar e
fazer internações em clínicas de reabilitação em São Paulo, através

de convênio médico, traremos informações preciosas , embasadas
em fontes médico cientificas.

DEPENDÊNCIA QUÍMICA QUE PODE SER TRATADA ATRAVÉS
DE CONVÊNIO MÉDICO EM CLÍNICA DE REABILITAÇÃO EM SP

Internação para dependentes químicos em SP e ao redor de todo o Brasil você encontra aqui!

A dependência química está classificada entre os transtornos
psiquiátricos, sendo considerada uma doença crônica que pode ser
tratada e controlada simultaneamente como doença e como

problema social, pelos critérios da organização mundial de saúde.
Por se tratar de uma doença crônica leva a pessoa a uma
progressiva mudança de comportamento gerando uma adaptação

doença, a fim de proteger o uso da droga e promover o uso abusivo
das mesmas . Ainda na concepção da dependência química como
doença, ela é caracterizada como progressiva, incurável, mas

tratável, apesar de problemas significativos para o depende
.

nte químico e às famílias que pertencem É uma doença de
evolução própria, que pode levar à insanidade, prisão, morte ou ao
tratamento, para isso você pode procurar uma clínica especializada
em tratamento de dependentes em SP.

Vejamos o que diz um especialista no estudo da
coadicção, ou seja a dependência química

(Ronaldo Laranjeira é psiquiatra, coordenador da Unidade de Pesquisa em
Álcool e Drogas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).//entrevista
concedida ao Dr Dráuzio Varella em 2009)

”Drauzio – Que mecanismo do corpo humano explica o
processo de dependência da droga?
Ronaldo Laranjeira – Acho importante destacar que existe, no
cérebro, uma área responsável pelo prazer. O prazer, que sentimos
ao comer, fazer sexo ou ao expor o corpo ao calor do sol, é

integrado numa área cerebral chamada sistema de recompensa.
Esse sistema foi relevante para a sobrevivência da espécie.
Quando os animais sentiam prazer na atividade sexual, a tendência

era repeti-la. Estar abrigado do frio não só dava prazer, mas
também protegia a espécie. Desse modo, evolutivamente, criamos
essa área de recompensa e é nela que a ação química de diversas

drogas interfere. Apesar de cada uma possuir mecanismo de ação
e efeitos diferentes, a proposta final é a mesma, não importa se
tenha vindo do cigarro, álcool, maconha, cocaína ou heroína. Por

isso, só produzem dependência as drogas que de algum modo
atuam nessa área. O LSD, por exemplo, embora tenha uma ação
perturbadora no sistema nervoso central e altere a forma como a

pessoa vê, ouve e sente, não dá prazer e, portanto, não cria
dependência.
Vários são os motivos que levam à dependência química, mas o

final é sempre o mesmo. De alguma maneira, as drogas pervertem
o sistema de recompensa. A pessoa passa a dar-lhes preferência
quase absoluta, mesmo que isso atrapalhe todo o resto em sua

vida. Para quem está de fora fica difícil entender por que o usuário
de cocaína ou de crack, com a saúde deteriorada, não abandona a
droga. Tal comportamento reflete uma disfunção do cérebro. A

atenção do dependente se volta para o prazer imediato propiciado
pelo uso da droga, fazendo com que percam significado todas as
outras fontes de prazer.”

.
MUDANÇAS NO COMPORTAMENTO DE UM
DEPENDENTE QUÍMICO

Clinica de recuperação pelo plano de saúde

Entre várias mudanças no comportamento para identificação do
problema vamos citar várias:

  • Onipotência:é a situação onde o usuário acredita estar sempre
    no controle;ou seja, usa e para quando quiser;
  • Megalomania: tendência exagerada a crer na possibilidade de
    realizar um intento visualizando sempre o resultado, esquecendo o
    caminho a ser percorrido;
  • Manipulação: mentalidade de que tudo se faz pela realização de
    seus desejos, quer tudo ao seu modo e não aceita contrariedades
    principalmente pela obtenção e uso de substâncias psicoativas;ou
    seja , as drogas em geral, independente de quais sejam elas;
  • Obsessão: atitudes insanas pelo roubar ou furtar , praticando
    adesde pequenos delitos para conseguir a droga, que podem levar
    a cometer crimes mais agressivos;
  • Compulsão: atitudes desconexas, incoerentes com a realidade
    provocadas pelo desejo intenso e necessidade de continuar a
    consumir as substâncias ilícitas;
  • Ansiedade: necessidade constante da realização dos desejos
    (uso)
  • Apatia: Falta de empenho para a realização de objetivos e
    metas.Isso inclui trabalho estudo e relações familiares;
  • Autossuficiência: mecanismo de defesa usado para afastar da
    consciência os sentimentos de inadequação social gerando uma
    falsa sensação de domínio;
  • Autopiedade: um tipo específico de manipulação que o
    dependente usa para conseguir realizar algum propósito
  • Comportamentos antissociais: pela instabilidade emocional que
    o indivíduo desenvolve e para proteger-se de críticas , isola-se ,
    desfazendo vínculos familiares e sociais ;
  • Paranóia: desconfia e suspeita de pessoas ou objetos, de
    maneira que qualquer manifestação comportamental de outras
    pessoas é tida como intencional ou malévola. (dentre outras)

COMO ENCAMINHAR O DEPENDENTE QUÍMICO À
UMA CLÍNICA DE TRATAMENTO DA DEPENDÊNCIA
QUÍMICA EM SP

Internação para dependente químico através do plano de saúde / convênio médico em SP e ao redor de todo o Brasil

Diante de tais comportamentos é importante a busca de ajuda
imediata , por parte do paciente ou de seus familiares, para não
sofrerem conseqüências de maior gravidade , o que pode inclusive

levar à morte do usuário por seu envolvimento com as drogas e o
tráfico de maneira geral. Portanto, uma clínica especializada em
dependência química em São Pauloo, ou em outras cidades no

estado, dará todo suporte e orientação para internação e tratamento
terapêutico especializado, Você pode estar melhorando a vida de
um familiar ou amigo agindo desta maneira.

CLINICA EM SÃO PAULO PARA TRATAMENTO DA
DEPENDENCIA QUÍMICA VIA CONVÊNIO MÉDICO

O objetivo principal de nossa clínica de recuperação para
dependentes químicos e de álcool , em São Paulo , é apresentar
tratamento terapêutico que busque a mudança de comportamento

do paciente durante todo o processo de internação e pós
internação.
Valorizamos o atendimento humanizado e que respeita a vida do

paciente para que o resultado do tratamento seja o melhor possível
, trazendo de volta a autoestima moral e social não só de adicto,
mas também as de seus familiares.

Nossa clínica conta com infraestrutura adequada e equipe
profissional técnica especializada para proporcionar qualidade de
vida e a ressocialização do paciente de forma segura .

Queremos e podemos ajudar.
Clínica de recuperação de dependentes de drogas e álcool em
SP pelo convênio médico

O tratamento multidisciplinar oferecido por nossa clínica envolve
médicos psiquiatras , psicólogos , nutricionista e demais
profissionais necessários para cuidado de cada caso.

Medicamentos são de grande utilidade , principalmente na fase de
desintoxicação , para conter a compulsão pelo uso da droga , bem
como diminuir os efeitos da abstinência.

As internações , voluntárias ou involuntárias , são instrumentos
úteis para recuperação de uma vida saudável , longe das drogas.

Clínica de Tratamento da dependência química e
do álcool aceitamos convênio

Nossa Clínica é conveniada com os melhores planos
de saúde disponíveis no mercado. Caso tenha alguma
dúvida , entre em contato conosco

Tratamentos voluntários , involuntários e compulsórios

  • Centro de reabilitação de usuários de álcool
  • Centro de reabilitação de drogas
  • Clínica para recuperação para dependentes alcoólicos
  • Internação involuntária, como proceder
  • Internação involuntária para dependentes químicos

Trabalhamos com os Convênios Médicos:

  • Bradesco
  • Sulamérica
  • Amil
  • Unimed Central Nacional
  • Unimed RJ
  • Porto Seguro