clinicas de recuperação e reabilitaçãopara dependentes químicos e alcoólatras

A importância da clínica de recuperação / reabilitação para dependentes químicos e alcoólatras

Embora o álcool seja uma substância vendida livremente, o alcoolismo é uma das maiores preocupações de saúde pública. Em primeiro lugar, é necessário entender que o alcoolismo é uma doença, por isso não deve ser rotulado como uma questão moral. Como o assunto é tão sério, é necessário tratar a dependência do álcool em uma clínica de reabilitação de alcoólatras para avaliar se a hospitalização é necessária.

Levando em consideração os agravos causados pelo alcoolismo, a proposta deste texto que contou com a ajuda de uma médica: , clínica geral de um hospital, é considerar a reabilitação em clínicas especializadas a opção mais segura para a resolução desses casos. Confira os benefícios de encontrar uma cura para reverter o problema, restaurar a saúde e a qualidade de vida! Faça uma leitura agradável!

Confira também:

Quais são os benefícios de procurar ajuda para o alcoolismo?

Inúmeras pessoas que são viciadas em álcool fazem isso porque não buscaram ajuda profissional no início do problema, por acharem que podem superar o vício por conta própria. Ocorre que, como outras doenças, o alcoolismo requer tratamento conveniente.

Esse processo de tratamento requer avaliação preliminar por uma equipe multiprofissional de saúde. De acordo com o histórico médico do paciente, as medidas de reabilitação mais adequadas podem ser tomadas. Vale ressaltar que além de graves detrimentos às relações familiares, sociais e profissionais, a dependência do álcool também pode afetar a saúde mental, emocional e física dos indivíduos envolvidos.
Com isso em mente, enfatizamos alguns dos benefícios de buscar ajuda para superar o alcoolismo. Acompanhe:

• Reduz a insônia;
• Segurança do tratamento;
• Desintoxicação do corpo;
• Suporte ao tratamento mais qualificado;
• Estimula a melhora da saúde mental, emocional e física;
• Mais disposição para realizar as atividades diárias;
• Possibilidade de ser acompanhado e apoiado por familiares;
• Reduz os sinais de ansiedade, estresse e até mesmo a depressão;
• Facilita a troca de experiências pelo convívio com outros dependentes;
• Sem ingerir a bebida alcoólica, a pessoa tem mais tempo para se concentrar nas tarefas de trabalho e estudo;
• Estar sóbrio ajuda a entender melhor as novas expectativas para o futuro;
• Impacto nas escolhas saudáveis, como ajustes dietéticos e a execução de exercícios físicos.
Que sinais indicam que é hora de procurar ajuda especializada?

Um dos pontos mais complicados de viver com o alcoolismo

é sentir a dor do sofrimento do vício. Além do mais, o próprio estereótipo da palavra “bêbado” representa um fardo extra para as pessoas que a carregam e para aqueles que fazem parte de suas famílias ou círculos sociais.
Diante disso, receber atendimento de profissionais com experiência em reabilitação em saúde mental, pode ser a melhor escolha para ajudar os familiares que se encontram nessa situação. O que se recomenda é buscar esse apoio o mais rápido possível, até mesmo para conseguir reduzir o risco de desenvolver doenças mais graves, como as relacionadas à depressão, episódios psicóticos e comportamentos suicidas.

Além das mudanças de comportamento, o impacto do alcoolismo na saúde física não pode ser ignorado. Os efeitos do álcool nas células renais e hepáticas podem prejudicar a função desses órgãos e afetar o aparecimento de outras doenças, incluindo o sistema cardiovascular.
Nesse caso, saber reconhecer sinais que indiquem a necessidade de buscar ajuda profissional é de extrema importância para minimizar os efeitos da dependência. Os familiares devem estar sempre atentos aos principais sinais que tenham relação com essa substância. A recusa e a desaprovação do tratamento são as mais comuns atualmente.

Para ajudar a lidar com esse choque, listamos mais sintomas que requerem atenção especial:

• Ansiedade;
• Traços de depressão;
• Convulsões agressivas;
• Paranoia ou escapismo;
• Aumento das confusões familiares;
• Falta de higiene pessoal e física;
• Negligência;
• O hábito de ficar alguns dias fora de casa;
• Dificuldades para ir para a escola ou ao trabalho;
• Problemas nas relações pessoais e emocionais;
• Declínio significativo nos níveis de raciocínio e atenção;
• Falta de interesse por atividades que antes eram prazerosas;
• Preferência por atividades que conduzam ao consumo de bebidas alcoólicas.
Como funciona o tratamento para o alcoolismo?

Existem muitos tipos de alcoólatras, mas a maioria deles não tem consciência da necessidade de procurar ajuda. Somente após o reconhecimento desse problema, podemos iniciar a internação em uma unidade especializada em reabilitação do alcoolismo.

Essa percepção pode vir de indivíduos, familiares, colegas de trabalho ou de escola ou amigos próximos. O tratamento da dependência do álcool pode exigir várias terapias, isoladamente ou em combinação. Além do uso de medicamentos e terapia cognitivo-comportamental, também é possível optar pela internação em clínica especializada.

Existem muitas opções de hospitalização. Veja.
Internação voluntária

A hospitalização voluntária é uma medida que o indivíduo pode tomar ao perceber a gravidade do seu quadro. É uma decisão delicada, mas muito positiva para o desenvolvimento do tratamento e a superação do vício.

Internação involuntária

Esse método alternativo pode ser usado quando um alcoólatra se recusa a admitir que precisa de ajuda profissional. Quando familiares ou amigos não conseguem persuadir a pessoa a ter essa necessidade, eles podem solicitar assistência jurídica para emitir mandados de prisão e hospitalização involuntária.
Como uma clínica de reabilitação para alcoólatras pode ajudar?

O tratamento pode incluir psicoterapia e, em diversos casos, hospitalização regular. No entanto, é muito importante encontrar uma instituição especializada em reabilitação em saúde mental, como o Hospital Santa Monica, que foi credenciado pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), devido ao seu excelente serviço na área.

No hospital de referência, considerando que o alcoolismo está relacionado a diversos fatores, uma equipe multiprofissional atuará no processo de tratamento. Portanto, os pacientes serão considerados em diferentes contextos e terão como foco suas necessidades mais importantes.
Logo, é necessário compreender que a recuperação da dependência do álcool depende de um processo integrado e contínuo. Na clínica de reabilitação de alcoólicos, os profissionais são treinados e tecnicamente preparados para entender a possibilidade de vencer a batalha e recuperar a felicidade e a qualidade de vida. Isso requer boa infraestrutura hospitalar, qualificação profissional, tempo e paciência.

Você está precisando de ajuda nesse quesito? Não espere mais: entre em contato com o Hospital Santa Monica para saber mais sobre nossos métodos de tratamento para o alcoolismo!

Vídeo bem interessante da Amy Whinehouse fez pois não queria ir para uma clínica de reabilitação / recuperação e acabou falecendo após a recusa:

One Thought to “A importância da clínica de reabilitação para dependentes químicos e alcoólatras”

  1. Google

    Here is a great Blog You may Locate Exciting that we encourage you to visit.

Comments are closed.